Amamentação

amamentação

Amamentação

A cada ano conhecemos mais evidências sobre os benefícios da amamentação quanto à saúde da mulher e do bebê. Tais fatos fortaleceram a promoção da amamentação exclusiva nos primeiros meses de vida.

Para aumentar nosso conhecimento sobre o assunto o Dr. Rafael Lacordia, ginecologista esclarecerá algumas dúvidas.

Qual a importância do aleitamento materno?

O leite materno contém todas as proteínas, açúcar, gordura, vitaminas e água que o bebê necessita para uma vida saudável. É mais facilmente digerido e contém determinados elementos que o leite em pó não consegue incorporar, tais como anticorpos e glóbulos brancos, protegendo o bebê de certas doenças e infecções. Além disso, melhora o desenvolvimento mental do bebê, proporciona um maior vínculo afetivo entre o bebê e a mãe, melhora a formação bucal e o alinhamento dos dentes.

A partir de qual mês de gestação é possível perceber que há produção de leite?

As alterações na mama começam logo na terceira semana de gestação. A produção e secreção de leite podem começar no segundo trimestre, quando as glândulas mamárias atingem maturidade para a produção láctea, mas normalmente, só ocorre após o parto. Isso porque, durante a gravidez, alguns hormônios inibem sua produção.

O que é colostro? Por quanto tempo ele é secretado?

O colostro é um fluido cremoso, amarelado, mais denso que o leite, altamente proteico e com baixo teor de gordura. É de fácil digestão e contém uma grande quantidade de células de defesa. Sua secreção dura 72 horas, podendo variar de 1 a 7 dias. Após esse período há uma mudança na composição e o leite, propriamente dito, passa a ser secretado num fenômeno chamado apojadura.

Amamentar emagrece?

Sim. A produção de leite é uma atividade tão intensa que exige da mãe cerca 600 a 800 calorias e 16 g de proteína por dia, o que equivale à meia hora de caminhada moderada. Isso auxilia no retorno mais rápido à forma física e peso anterior à gravidez. Amamentar emagrece uma média de 2 quilos por mês, nos casos de amamentação exclusiva.

Prótese de silicone atrapalha a produção de leite e a amamentação?

As próteses de silicone não atrapalham a produção de leite e nem a amamentação. Elas são colocadas atrás das glândulas que produzem o leite, permitindo sua produção e liberação através da sucção do bebê.

É possível engravidar durante a amamentação?

Sim! Aquela história de que as mulheres não engravidam durante a amamentação não está totalmente correta. Esse efeito anticoncepcional acontece, porém somente para aquelas mulheres que amamentam com intervalos regulares de 3 horas, e mesmo nesses casos não é 100% eficaz. Por isso, é importante utilizar algum outro método em todas as relações após o período de resguardo, o risco de uma nova gravidez existe!

É permitido uso de anticoncepcional durante a amamentação?

Sim! Além dos métodos de barreira, como os preservativos, durante o aleitamento é possível utilizar métodos hormonais. A diferença é que nessa fase as pílulas não podem ser combinadas, devem conter apenas progesterona. Converse com seu médico e escolha o método que melhor lhe atende.

Por quanto tempo o bebê deve fazer uso exclusivo do leite materno?

O aleitamento materno exclusivo deve ser feito nos primeiros seis meses de vida do bebê. Nesse período o leite materno consegue suprir todas as necessidades diárias de água e nutriente que seu filho preciso. Após isso alguns alimentos estarão liberados como água e suco de frutas. Outros alimentos serão introduzidos progressivamente, sob orientação do pediatra.

Quando o aleitamento materno é contraindicado?

Em algumas situações o aleitamento materno pode trazer prejuízos ao bebê, sendo a mãe orientada a não amamentar. Entre elas podemos citar:

  • Infecção materna pelas seguintes doenças: HIV/AIDS; Hepatites A, B e C; Citomegalovírus, Herpes simples; Sarampo, Tuberculose;
  • Bebês com intolerância a lactose ou com fenilcetonúria.